Menu

Autores





O Nome das Coisas
29Mai2014 14:49:47

 BLOGTOK | CICLOS DE POESIA | 7 ELEMENTOS | MISTÉRIO | JOSÉ LOURENÇO

O Nome das Coisas

Dormir não e um estado de loucura,
Nem e bebedeira do espirito...
Dormir e repousar,
Nao das fadigas dos instantes,
Mas da eternidade
Que as fadigas eternas tem.

E a morte para alem de ser
Aquilo que eu nao sei o que e,
E tudo aquilo que eu sinto
Quando como peixe, fornico
Ou entao violo a palavra.

Chamo nomes as coisas;
Chamo coisas aos nomes;
Eu sou a coisa que chama
O nome da coisa,
Pela coisa do nome.

Montaram-me o labirinto
Cruel, nos seus liames ilimitados,
Nas suas infimas ruelas d algo sem fim;
E eu o condenado vagueio
Na do esperanc'a de nao encontrar a porta
Para que o jogo nao acabe.

E so. So quando abandonar a palavra
E me sentir entregue ao designio
Dos acasos ou misterios,
Estarei fora desse labirinto,
Que e a minha
Insatisfeita e sequiosa vontade
De brincar aos policias e ladroes.





Partilhar:


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.